voltarVoltar

Relembre os melhores momentos do Fraud Day 2022

Felipe Oliveira
Siga no Linkedin

O Fraud Day 2022 ficou marcado pelo retorno aos eventos presenciais depois de 2 anos longe dos encontros. E não foram poucos os abraços e bate-papos se levarmos em conta as quase 800 pessoas que estiveram presentes no evento.

Mas as interações não ficaram apenas nas rodas de conversa, já que inúmeras palestras e painéis foram espalhados durante as 9 horas de Fraud Day. Por isso, nós do AllowMe, que fomos correalizadores do maior evento da América Latina para especialistas em fraudes e pagamentos digitais, decidimos fazer um pequeno resumo sobre o evento.

AllowMe realizou a ação Risk Women Brasil durante o Fraud Day 2022

Logo na primeira palestra, comandada por Kai Philipp Schoppen, da Infracommerce, o tema foi “tendências e cenários do e-commerce”. Entre os assuntos, ele falou sobre as dificuldades do pequeno e médio e-commerce em orquestrar fornecedores com um time reduzido e ainda ter de concorrer com grandes players.

Na sequência, foi a vez de Nádia Amorim, do PagSeguro, falar sobre “o que muda na prevenção à fraude com a evolução do mundo online”.  Nádia afirmou que pensar em aplicar o atrito adequado a cada perfil “é fundamental para tornar a jornada do usuário mais fluida e ainda sim prevenir fraudes”.

Depois foi a vez do painel “Fraudes em marketplace: muito além da transação final”, mediado pela diretora de Revenue do AllowMe, Lívia Soares. Durante o painel, Lívia debateu com Beatriz Soares, da OLX, Larissa Berioni, do Enjoei, e Marina Piolli, do Elo7, sobre fraudes como roubo de contas, identidade sintética e levantou um debate sobre a fraude de triangulação. Além de destacar fraudes conhecidas e mais recorrentes no marketplace, o painel destacou a importância das mulheres no mercado de prevenção e tecnologia.

No início da tarde foi a vez de José Lyra, do Nubank, falar sobre como o banco digital revolucionou o mercado bancário e de prevenção. “A fraude é um business para o fraudador e nosso trabalho é torná-lo menos atrativo”, destacou.

Na sequência vários profissionais do mercado, como Renato Anzai e Yudi Kadomoto, do iFood, Márcio Souza, da Boa Vista, e Victor Thomazetti, do Itaú, debateram sobre a jornada do profissional de risco.

Houve tempo ainda para Eduardo Bagnatori e Raissa Nouh, da Elo, falarem sobre pagamentos digitais e prevenção à fraude. Rodrigo Dantas, da Vindi, conversou sobre o quanto as fintechs estão preparadas e, por fim, a Feedzai trouxe um debate sobre o futuro da prevenção à fraude.

Além de tudo isso ainda sobrou tempo para muita conversa, almoço, duas pausas para o café e o esperado Happy Hour.

E-book Device Fraud Scan

Mas os destaques do evento não ficaram apenas nas palestras. Durante o Fraud Day 2022, o AllowMe divulgou o estudo Device Fraud Scan 2022, que mapeou o comportamento da fraude durante o ano de 2021.

Estudo foi um dos destaques do stand do AllowMe no Fraud Day 2022

Em nosso levantamento, conseguimos identificar informações importantes como os horários com maior probabilidade de fraude, os segmentos mais visados pelos fraudadores, além de uma análise que aponta que, quanto mais comportamentos suspeitos, mais chances de uma transação ser fraudulenta.

Quer saber mais sobre o estudo do AllowMe? Baixe agora mesmo clicando aqui!

Artigo escrito por Felipe Oliveira

Felipe Oliveira é jornalista apaixonado por futebol, mas decidiu levar os esportes apenas como lazer depois trabalhar direto da redação em uma edição de Jogos Olímpicos e uma Copa do Mundo. Formado também em Direito, desde 2019 aceitou o desafio de escrever sobre tecnologia e, em 2021, atuar com marketing no mercado de prevenção à fraude e pagamentos digitais. No tempo livre gosta de assistir a jogos de futebol e matar a saudade da infância com canais de YouTube sobre games antigos.

Acompanhe as novidades

icone correio

Assine nossa newsletter gratuita

Fique por dentro de todos os conteúdos sobre proteção de identidades digitais